26/03/2007 16:54

Ações conjuntas contra aftosa começam hoje na fronteira

Começam nesta segunda-feira em toda extensão da fronteira Brasil-Paraguai as ações conjuntas de combate à febre aftosa. O trabalho, definido em reunião do Mercosul, no Urugaui, vai se concentrar na fronteira com Mato Grosso do Sul.

Nas missões de combate à aftosa, os técnicos realizarão ações em uma região de até 15 quilômetros adentro de cada país, fazendo a vacinação, identificação de animais e proprietários e um controle de transporte. Em uma segunda etapa, serão colhidas mostras para avaliar o nível de imunização dos bovinos vacinados e para verificação de uma eventual presença de circulação viral.

Outras etapas serão realizadas nas fronteiras da Argentina, Bolívia e Paraguai, entre Bolívia e Brasil (Pantanal), e Paraguai com a Argentina (Baja Chaco).

Participarão técnicos da Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. A previsão é que dentro de seis meses os técnicos da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), e do Centro Panamericano de Febre Aftosa (Panaftosa), venham até as regiões para verificar os trabalhos. (ABC Color Digital).

Fonte: Conesul News