22/09/2007 00:34

MS: Funasa capacita conselhos locais de Amambai e Tacuru


A Coordenação Regional da Funasa em Mato Grosso do Sul (Core/MS), preocupada com a valorização do profissional no estado, vem realizando trabalhos de capacitação nos pólos-bases. No final do mês de agosto foram capacitados 52 conselheiros locais de Amambai e Tacuru, regiões sul do estado.

O treinamento está sendo realizado pela socióloga do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei/MS), Juliana Kabad, e pelo presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena (Condisi), Fernando Souza. A metodologia aplicada nos conselhos locais foi a dinâmica de grupo: reunidos, os conselheiros puderam debater vários assuntos e esclarecer dúvidas, sempre no intuito de valorizar e mostrar as funções da profissão.

No município de Amambai foram capacitados 38 conselheiros locais. O conteúdo do curso abrange a função do papel do conselho, um breve histórico da profissão e o aprofundamento do estudo do regimento interno.

De acordo com o chefe do pólo-base Celso Pardilha, o trabalho de capacitação dos conselheiros locais terá repercussões positivas no setor de saúde indígena da região. “Percebemos que eles, realmente, tiveram consciência do papel da profissão. A expectativa é de que o trabalho se desenvolva melhor possível no setor de saúde”, afirma.

Em Tacuru foram capacitados 14 conselheiros locais e as principais lideranças indígenas. Para o chefe do pólo-base Gilmar Rodrigues, a capacitação irá preparar os conselhos para controle social e os profissionais irão ajudar também na elaboração de metas e planos na saúde indígena nos pólos.

Segundo a socióloga Juliana Kabad, o trabalho desenvolvido nos pólos-bases foi bastante positivo. “Nós tivemos a preocupação de fazer uma apostila com linguagem simples, para eles consultarem e tirarem as dúvidas necessárias, pois percebemos que os conselheiros absorveram as informações passadas. O trabalho vai fortalecer o controle social indígena na política de saúde”, conta.

Fonte: A Gazeta News