15/12/2012 08:16

Suspeito de atear fogo na casa é morto a paulada em Sete Quedas

Is allowance instantly strangers applauded
A residência em chamas e momento que moradores das imediações lutavam para impedir que o fogo se espalhasse para residência ao lado. Suspeito de provocar o incêndio foi morto a paulada no dia seguinte

Vilson Nascimento

Noel da Silva Fernandes, de 28 anos, suspeito de ter ateado fogo na própria casa na noite de quinta-feira, 13 de dezembro, após uma discussão com a esposa, foi morto com uma paulada na cabeça pelo cunhado, na noite dessa sexta-feira (14) em Sete Quedas, na fronteira com o Paraguai.

Na quinta-feira, após um desentendimento entre o casal e Noel ter ameaçado a convivente de morte, segundo a polícia, a mulher, de 29 anos, saiu de casa com a roupa do corpo e procurou abrigo na residência de familiares. Na ocasião, Noel também teria ameaçado atear fogo na casa, que era alugada, caso ela acionasse a polícia.

Como a mulher precisava de objetos pessoais e estava com medo de retornar para casa devido a violência do indivíduo com quem convivia maritalmente há 8 meses, ela acionou a Polícia Militar, que a escoltou até a residência para pegar seus pertences.

De acordo com a PM, ao notar a aproximação da viatura policial, Noel Fernandes teria fugido da casa e cerca de 20 minutos após a guarnição deixar o local escoltando a esposa do suspeito de volta a residência de seus familiares, a residência começou a pegar fogo, causando inclusive risco de atingir outras casas das imediações.

O assassinato

Na noite do incêndio na residência, Noel desapareceu. Ele teria passado todo o dia de sexta-feira desaparecido, segundo a polícia, vindo a aparecer somente no início da noite dessa sexta-feira, quando teria saído a procura da esposa, que segundo a polícia, estava abrigada na residência de familiares situada na região do Conjunto Habitacional Iporã, a poucos metros da casa supostamente incendiada pelo acusado.

De acordo com a polícia, Noel teria chegado à residência onde a esposa estava abrigada e tentado falar com ela a força.

Diante da situação, o irmão da mulher, Elias Conceição, de 25 anos, teria apanhado um pedaço de pau e desferido uma paulada na nuca de Noel Fernandes.

Ele chegou a ser socorrido por uma equipe da própria Polícia Militar de Sete Quedas para o Hospital Municipal local, mas, segundo a unidade de saúde, já chegou morto.

Segundo a PM, após efetuar o golpe que acabou matando o “cunhado”, Elias Conceição fugiu, adentrando no território paraguaio, que fica a apenas alguns metros do local do fato. O caso foi passado à Polícia Civil de Sete Quedas para ser investigado.

Fonte: A Gazeta News