03/10/2012 17:38

Polícia Civil indicia acusado de furtar celulares em Amambai

Segundo a polícia Genivaldo de Oliveira Cruz agia principalmente em consultórios da cidade

Is allowance instantly strangers applauded
O acusado, Genivaldo de Oliveira Cruz. Ele é suspeito de aproveitar distração de tendentes para furtar celulares em Amambai. (Foto: Divulgação)

Vilson Nascimento

A Polícia Civil indiciou em inquérito no final do mês passado (setembro), pelo crime de furto, um rapaz de 24 anos, acusado de furtar celulares, em Amambai.

De acordo com a polícia, Genivaldo de Oliveira Cruz, que era morador da região de Sete Quedas, mas há algum tempo reside em Amambai, se aproveitava da distração das pessoas para apanhar o celular.

De acordo com a polícia, ele chegava a estabelecimentos comerciais, boa parte deles consultórios medicou ou odontológico, fazendo se passar por cliente, dizendo que queria marcar consulta. Nesse meio tempo pedia água ou para ir ao banheiro e ao notar que a atendente ou o atendente estaria despercebido, se apoderava do aparelho celular e fugia.

Foi após uma dessas ações que Genivaldo acabou detido pela Polícia Militar e seus modos de ação foram descobertos.

Ele teria chegado a um consultório situado no centro da cidade, em Amambai, pedido água e o agendamento de uma consulta.

Quando a atendente deixou a recepção por alguns instantes, Genivaldo acabou apanhando o celular da mulher e fugindo.

A Polícia Militar foi acionada pela vítima e, por meio das características do suspeito repassadas pela vítima, acabou localizando o rapaz a apenas alguns quarteirões do local onde ocorreu o furto.

Segundo a polícia, além do celular furtado do consultório, os policiais encontraram em poder do rapaz, outro aparelho celular e mais dois chips de celulares.

Ao prestar depoimento na Delegacia, Genivaldo teria confessado o furto no celular no consultório e relatado que já havia tentando aplicar o golpe em mais pelo menos dois consultórios da cidade.

Para a Polícia Civil, pelas formas operantes, Genivaldo Cruz figura como suspeito de vários outros furtos de aparelhos celulares que vem ocorrendo em consultórios médicos e odontológicos, bem como em estabelecimentos comerciais, em Amambai.

Após ser indiciado no mês passado, o rapaz foi liberado para responder ao processo em liberdade.

A polícia solicita a vítimas que por ventura venham a reconhecer o rapaz como autor de algum desses furtos, para contatar a Delegacia de Polícia Civil de Amambai através do telefone (67) 3481-1415.

Fonte: A Gazeta News