30/07/2011 22:39

Mulher Maravilha desarma Ladrão e Super Homem chega atrasado

Um assalto ocorrido no sábado (16), por volta das 12h30min, em um estabelecimento comercial de Ponta Porã, teve lances curiosos que dariam um filme de comédia. Numa atitude inusitada, a funcionária da loja aproveitou um descuido do marginal, pegou a arma dele e jogou na rua. As cenas do crime foram gravadas pelas câmeras de segurança da loja.

Era quase meio-dia e meia quando dois homens em uma motocicleta de procedência estrangeira chegaram na loja. Um desceu de capacete e entrou, anunciando o assalto à única funcionava que estava em uma mesa de atendimento. Enquanto isso, o comparsa o aguardava do lado de fora, com a moto funcionando, na contramão.

A mulher não reagiu e mostrou onde estava o dinheiro do caixa. O ladrão passou a recolher o dinheiro, momento em que a funcionária tentou deixar a loja, mas foi impedida. Na hora de colocar o dinheiro no bolso, o ladrão deixou a arma sobre o balcão e usou as duas mãos.

Vendo que o bandido tinha dificuldade em tirar a mão do bolso, a funcionária decidiu agir. Num lance rápido, pegou a arma do bandido e jogou para o lado de fora da loja, na calçada. Em seguida correu para os fundos, gritando por socorro.

O marginal se assustou, saiu correndo, abaixou para pegar o revólver na calçada, tropeçou e caiu, levantou, subiu na moto e fugiu. Mas isso não foi tudo. Ao ouvir os gritos dacolegasobre o assalto, outro funcionário da empresa, que estava no andar superior, onde fica o almoxarifado, começou a urrar, repetidamente e, em seguida, julgando que o assaltante ainda estivesse do lado de baixo, se atirou lá de cima.

A tentativa desesperada de ‘pegar’ o bandido, quase acaba em tragédia. O rapaz se jogou do andar superior sobre o forro, aparentemente querendo ‘cair em cima’ do assaltante. O revestimento realmente cedeu e o rapaz despencou para a parte inferior. Em seguida saiu correndo para fora, tentando localizar os bandidos.

Fonte: Marcelino Nunes de Oliveira