28/09/2007 17:04

Beira-Mar se casa no Presídio Federal de Campo Grande

O narcotraficante Luís Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, casou-se nesta sexta-feira (28 de setembro) na Penitenciária Federal de Campo Grande, onde está preso desde julho.

A cerimônia realizada por um pastor evangélico na sala de assistência jurídica do presídio começou às 13h30 e durou meia-hora. Em seguida, ele e a esposa, Jacqueline Alcântara de Morais, seguiram para breve lua-de-mel na cela íntima.

Beira-Mar trocou a uniforme azul, obrigatório para detentos de unidades federais, pelo meio fraque. Jacqueline usou vestido de noiva. A filha deles de nove anos e o sobrinho de oito, carregaram as alianças.

A cerimônia foi assistida por quatro testemunhas e registrada por um fotográfo e um cinegrafista, contratados pelo casal. Todos, inclusive o pastor, foram revistados.

Bolo, salgadinhos e refrigerantes servidos após a cerimônia, também foram inspecionados, assim como os equipamentos de registro de imagens.

Foi montado um forte esquema de segurança. Agentes da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal) deram apoio aos agentes penitenciários federais. Alguns tiveram a folga cancelada para reforçar a segurança na unidade.

Beira-Mar e Jacqueline estão juntos há 15 anos e têm três filhos. Assim como o traficante, a mulher foi presa na Colômbia, depois de ter fugido do País, e já cumpriu pena por tráfico de drogas.

Para se casar com Jacqueline Alcântara de Morais, o narcotraficante Luís Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, detento da Penitenciária Federal de Campo Grande, irá trocar o uniforme azul por terno.

Fonte: Campo Grandenews