27/09/2007 04:32

Naviraí:PC desarticula quadrilha de ladrões de moto

A Policia Civil de Naviraí desarticulou uma quadrilha especializada no roubo de motos e no tráfico de drogas. foram identificadas 22 pessoas que eram integrantes da quadrilha, dos quais 18 já estão presos, dentre eles estão dois adolescentes apreendidos.

As investigações que levaram a desarticulação da quadrilha foram iniciadas há mais de dois anos, pela equipe de investigadores de polícia, lotados no Serviço de Investigações Especiais (SIG) de Naviraí. Durante este período foram realizadas diversas apreensões de drogas e recuperação de motocicletas roubadas pela quadrilha.

O Inquérito referente à quadrilha tem 14 volumes com mais de 1 mil páginas, onde se pode observar uma rigorosa e incansável investigação.

A quadrilha utiliza armas de fogo para a realização dos crimes e realizou mais de 17 roubos de motocicletas em Naviraí entre os anos de 2005 e 2007. Nesta época, o roubo de motos tornou-se cotidiano em Naviraí trazendo grande desconforto à população.

As motos roubadas em Naviraí eram trocadas por drogas em cidades que fazem fronteira com o Paraguai. Na maioria das vezes as motos servia de moeda de troca para a aquisiçaooa de drogas, principalmente a maconha, ou eram utilizadas para o transporte da droga.

O chefe da quadrilha era Jocelino Rodrigues Borges, mais conhecido por seus apelidos (Rico, Henrique, Tinim e Nego), o qual tinha como braço direito em suas operações a sua amásia Josilebe Lopes dos Santos (Jo). Os dois são foragidos da justiça.

O outro chefe da quadrilha era Wagner Aparecido Lopes (Jovem), que também é fugitivo da Justiça do Estado do Paraná, onde praticou sequestro e foi preso no mês de agosto deste ano, quando transportava em uma camionete mais de 1 mil quilos de maconha e três mil bolinhas de haxixe.

Foi preso Nilton Masceno Custódio (Catarino ou Véio), já conhecido nos meios policiais. Ele já foi preso no Rio Grande do Sul e emSão Paulo, pelo crime de tráfico de drogas, sendo que as investigações demonstraram que ele era um dos maiores compradores de drogas de Jocelino Rodrigues Borges.

Marcos Jansley Carvalho, o conhecido como Marquinhos Boges foi uma das primeiras pessoas a serem presas, o que demonstrou ter envolvimento com a quadrilha, sendo que com ele foram localizadas três) motos roubadas.

Estão presos, Marcos Vinicius Miller (Boca), Ricado Cristiano Martins (Neguiho), Tiago de Oliveira (Tiaguinho) e Pedro celestino Martinez (de nacionalidade paraguaia) por participação no tráfico de drogas.

Foram presos Antônio Marcos Prazer (MArquinho) e Jhon Cleiton Pedroso (Pedroso) quando transportavam maconha em motos roubadas, quando viajava no sentido Naviraí-Porto Caiuá. na comunidade ribeirinha ele fari a entrega da droga para Paulo Adalberto da Silva (Paulão do caiuá), que esteve preso por haver matado seu próprio irmão, sendo o responsável por providenciar a travessia da droga para o Estado do Paraná pelo Rio Paraná, utilizando para isto canoas, tendo o mesmo sido preso em sua casa no Porto Caiuá, com uma espingarda.

Eram Jocelino Alves Cruz (Gugu) e Darci Ferraz Pereira) quem fazia o transporte da droga através do rio Paraná até Estado do Paraná, após a mesma ser entregue para Paulão do Caiuá, sendo eles presos com armas em uma canoa dentro do Rio Paraná.

Foram presos ainda José Francisco Andrade da Silva (Bela) e sua esposa - Ivone Dutra dos Santos, Claudemir Rodrigues (Bicudo) e Luciandro Douglas Almeida de Souza (Douglinha), que iriam entrgar as drogas para Jocelino Rodrigues Borges, que fazia a revenda em “Bocas de Fumo”, em Naviraí.

Além de Jocelino Rodigues Borges e Josilene Lopes dos Santos, estão foragidos da justiça Edilson Francisco dos Santos (Edilson Banguela e Jeferson Duarte da Silva (Jefinho), sendo que eles tanto participaram no roubo de motos quanto no tráfico de drogas.

A quadrilha também contava com a participação de dois adolescentes que foram identificados e encontram-se apreendidos.

Com a desarticulação da quadrilha a Policia Civil de Naviraí conseguiu reduzir de forma drástica a ocorrência do roubo de motos em Naviraí, sendo que os motoqueiros podem circular com maior tranqüilidade.

Fonte: Sulnews