28/03/2007 08:37

Dourados: Polícia apresenta três envolvidos em chacina

A Polícia Civil apresentou, nesta tarde, três jovens apontados como envolvidos no plano que terminou na morte de quatro pessoas da mesma família, entre elas duas crianças, em Dourados, na madrugada de sábado para domingo. A chacina teria ocorrido por uma motivação banal: uma discussão entre vizinhos por causa do volume do som. Segundo as investigações da Polícia, Cleber Junior da Garças, de 24 anos, Fábio Teixeira Severo, de 23 anos, e uma adolescente de 14 anos, irmã de Fábio e namorada de Cleber, são os autores do assassinato de Abrão Israel Lucas, 36 anos, Vera Lucia Leonardo Daleste, de 48 anos, e dos filhos do casal, Natália Rodrigues Lucas, de nove anos e Bruno Rodrigues de Oliveira, 13.

Fábio e a irmã moram vizinhos à família assassinada e, junto com o namorado da jovem, teriam bolado o plano depois das diversas discussões com Abraão por conta do volume em que escutavam música. O grupo chegou ao ponto de matar, com um tiro, o cachorro da família e ainda incendiou o veículo Fusca azul, placas HQX-7865, de propriedade de Abraão.

Além dos dois jovens maiores de idade, a Polícia Civil apresentou ainda um quarto envolvido no caso,
Cláudio Eduardo Farias, o Dudu, de idade não informada. Ele teria receptado o som levado da casa das vítimas. Ele vai ser indiciado como co-autor dos crimes. Cleber e Fábio serão indiciados por homicídio doloso, ou seja, intencional.
De acordo com as informações do site Dourados News, o trio de jovens confessou o crime. Os três rapazess estão presos e adolescente deve ser encaminhada para uma Unei (Unidade Educacional de Internação), para onde vão adolescentes que cometem atos infracionais.

A chacina é considerada um dos crimes mais bárbaros já registrados em Dourados e chocou a cidade que, só na semana passada, teve seis homicídios. As vítimas não tiveram qualquer possibilidade de defesa: foram surpreendidas de madrugada, enquanto dormiam. As crianças foram atingidas de costas.

Fonte: A Gazeta News