27/03/2007 12:54

Amambai: Árvores serão trocadas na região central

                Há cinco ou seis anos atrás, por iniciativa da Administração Pública Municipal da época, foram plantadas nos logradouros públicos (praças, jardins, canteiros centrais das avenidas, etc.) uma grande quantidade de uma espécie de árvore denominada FICUS OU FIGUEIRA BENJAMINA. “A falta de planejamento e o pouco conhecimento a respeito desta árvore, trouxeram do passado, prejuizos imensuráveis para o presente”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, José Luis Karasek. .

                A FIGUEIRA BENJAMINA, ou simplesmente FICUS, é uma árvore originária da India, com raízes superficiais que podem atingir um raio de até 60 metros à partir de seu caule e que; invariavelmente, destroem calçadas, muros, casas e, principalmente as tubulações de água e esgoto. Na superficie suas raízes podem ser tão grossas quanto o seu caule, entretanto, quanto penetram nas tubulações de água ou esgoto, tornam-se finas como um fio de cabelo, formando um emaranhado semelhante uma esponja, tão resistente que pode entupir os tubos de uma galeria de águas pluviais.

                E foi exatamente o que aconteceu na Av. Pedro Manvailler – saída para Ponta Porã. Os tubos das galerias de águas pluviais que correm sob o canteiro central da Avenida, estão entupidos com as raízes dessa FIGUEIRA, causando transtornos e prejuízos aos cofres públicos. Além disso os tubos de 40 cm de diâmetro são impróprios para o escoamento da água pluvial, afirmou o secretário de meio ambiente, durante visita aos canteiros, na avenida Pedro Manvailer.

                O Prefeito Municipal, Sérgio Barbosa, determinou ao Secretário Municipal de Meio Ambiente, José Luis Karasek, a realização de estudos conclusivos acerca do assunto, objetivando a substituição destas árvores por outras, mais bonitas e menos danosas ao ambiente urbano. O Secretário por sua vez, face estudos já realizados pela Secretaria de Meio Ambiente, concluiu pela supressão das FIGUEIRAS-BENJAMINAS e em substituição serão plantadas PALMEIRAS IMPERIAIS.

Fonte: A Gazeta News