10/01/2019 16:55

Diretor do DOF será o Superintendente de Segurança Pública

Is allowance instantly strangers applauded

O Governador Reinaldo Azambuja e o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública Antonio Carlos Videira anunciaram, na manhã de terça-feira (8), mudanças na estrutura administrativa da Sejusp.

O Coronel PM Kleber Haddad Lane deixará a Direção do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) para coordenar a Superintendência de Segurança Pública responsável pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops); pelo Departamento de Operações de Fronteira (DOF); pela Coordenadoria Geral de Perícias da Sejusp; e, pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

O novo Diretor do DOF, conforme anunciado pelo Secretário, será o tenente-coronel Marcos Paulo Gimenez, que já comandou o Batalhão de Choque (BpChoque) e, atualmente, é o Subcomandante da Academia de Polícia Militar (APM).

O Coronel Haddad assumiu a Direção do DOF em 4 de março de 2017. Em menos de 24 meses, os resultados bateram recordes nas apreensões do Departamento. Foram apreendidas 153 toneladas de entorpecentes (maconha, cocaína, pasta base, skank); 313 veículos recuperados (roubo e furto); 594 veículos apreendidos com drogas e outros ilícitos; 2 milhões e 93 mil pacotes de cigarros; 7.733 pneus de várias marcas e tamanhos; 4.265 toneladas de agrotóxicos; 78 armas de fogo; 9.774 munições; 83 mandados de prisão cumpridos; 555 pessoas presas por tráfico de drogas; e, mais de 3 mil crianças e adolescentes atendidos pelo Programa Diga não às Drogas, em escolas públicas e particulares do Estado.

A área de atuação do DOF compreende 53 municípios do Estado, em 73 pontos de bloqueio, tendo 12 municípios que fazem fronteira com a Bolívia e o Paraguai. Ao todo, são 1.517 quilômetros de patrulhamento rural em rodovias estaduais e vicinais.

Os números estatísticos da atuação do DOF, frente aos crimes transfronteiriços no Mato grosso do Sul, foram reconhecidos, elogiados e destacados em âmbito nacional, pelo atual Presidente da República Jair Messias Bolsonaro colocando o DOF como exemplo de Polícia Especializada de atuação na Fronteira. Bolsonaro destacou a excelente interação na atuação do Departamento em conjunto com a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron).

Através de recursos do Governo do Estado o DOF recebeu, na gestão do Coronel Haddad, 50 carabinas calibre 556; 120 coletes balísticos; aparelhos de rádio VHF; telefones funcionais; 10 viaturas Chevrolet TrailBlazer equipadas; e, um caminhão Ford Cargo guincho. Foram promovidos 23 Soldados a Cabos e 18 Cabos a 3º Sargentos.

Em parceria com a Secretaria nacional de Segurança Pública (Senasp), o DOF realizou cursos de especialização e atuação na fronteira recebendo mais de 200 policiais de outros estados da federação, bem como agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e militares do Exército Brasileiro.

Através da SALVE, importante instituição mantenedora, o DOF passou por melhorias em suas instalações internas e perímetro externo de segurança garantindo bem-estar e segurança dos policiais e patrimônio no Departamento.

Fonte: Assessoria DOF