26/09/2007 10:27

Enersul promete rever cálculos da tarifa de energia em MS

Pressionado por parlamentares, o diretor-presidente da Enersul, Antonio Eduardo da Silva Oliva afirmou nesta terça-feira, durante audiência em Brasília, que vai manter a central telefônica de atendimento ao consumidor de energia elétrica em Mato Grosso do Sul. Antonio Eduardo também prometeu rever os cálculos da cobrança pela utilização de energia elétrica no Estado.

O deputado federal Vander Loubet (PT MS), autor do pedido de audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, em Brasília, afirmou que os altos valores cobrados pela energia em Mato Grosso do Sul prejudicam as famílias que mais precisam, e o preço cobrado no Estado, é um alerta para que a Câmara dos Deputados reveja as concessões e preços praticados pelas empresas concessionárias em energia elétrica em todo o Brasil.

Deputados estaduais e federais de Mato Grosso do Sul participaram da audiência pública na Câmara dos Deputados. O presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Enersul na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Correa (PR), e o vice-presidente da CPI, Paulo Duarte (PT), afirmaram que é preciso abrir a “caixa preta” do cálculo dos preços da energia elétrica.

Segundo Correa, foi avanço a promessa de abertura da forma que são feitos os cálculos dos preços cobrados pela energia.

A expectativa dos parlamentares é de que as tarifas cobradas baixem de preço depois que os cálculos forem apresentados. Também participaram da reunião em Brasília, representantes da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), e dos ministérios de Minas e Energia e da Justiça.

Fonte: TV Morena