20/09/2007 13:59

Brasil vence e fica em primeiro no Grupo D

O tufão "Wipha", que atingiu a China esta semana e assustou as jogadoras, não mudou o rumo do Brasil na Copa do Mundo.

A seleção não precisou jogar tudo o que sabe para vencer a Dinamarca, nesta quinta-feira, em Hangzhou. Mas a vitória de 1 a 0, com um gol de Pretinha aos 46 minutos do segundo tempo, foi o suficiente para a seleção se classificar para as quartas-de-final em primeiro lugar no Grupo D com nove pontos. No outro jogo, a China venceu a Nova Zelândia por 2 a 0 e também garantiu a vaga, em segundo lugar, com seis pontos.  

O Brasil termina a primeira fase da Copa do Mundo com a melhor campanha. É a única seleção que venceu os três jogos. Fez dez gols e não sofreu nenhum.

Nas quartas-de-final, o Brasil enfrenta a Austrália, que se classificou em segundo lugar no Grupo C em um jogo emocionante com o Canadá. O gol que garantiu a vaga australiana só saiu aos 47 minutos do segundo tempo. A partida será no domingo, às 9h da manhã (horário de Brasília), em Tianjin. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em tempo real.

Chute de Marta acerta a trave- O técnico Jorge Barcellos poupou Aline e Renata Costa, que estavam com um cartão amarelo. As duas mudanças fizeram o Brasil começar o jogo em marcha lenta, ainda tentando acertar o posicionamento em campo.

Deixou a Dinamarca dominar as ações. Aos sete minutos, a defesa brasileira dormiu. Elaine, Mônica e Tania ficaram olhando a bola passar, e a atacante Pape apareceu livre para cabecear na pequena área. A goleira Andréia fez uma defesa incrível e salvou a equipe de sofrer o primeiro gol.

A marcação da Dinamarca era forte. Só aos 13 minutos o Brasil conseguiu criar uma boa jogada. Daniela Alves e Marta tabelaram. A camisa 10 tocou para Cristiane na área, que chutou cruzado. Mas a bola foi para fora sem perigo. A seleção só melhorou quando Marta começou a jogar mais pela esquerda. E começou a arriscar mais chutes também. Mas todos iam para fora sem muito perigo. Daniela Alves, Formiga, Ester e Marta tentaram sem sucesso.

O estádio inteiro apoiava a seleção e gritava "Braze...Braze...", já que a pronúncia correta é difícil para o chinês. A vitória brasileira interessava à China, que brigava com a Dinamarca por uma vaga nas quartas-de-final. Após jogada de Marta, a bola sobrou para Cristiane, que arriscou um chute da entrada da área. A bola passou muito perto.

A melhor chance brasileira no primeiro tempo aconteceu aos 30 minutos. Marta recebeu o passe, arrancou pela esquerda, entrou na área e chutou rasteiro. A bola bateu na trave e foi para fora. O Brasil ainda levou um susto no fim. Após cobrança de escanteio, Pedersen cabeceou e Maycon tirou em cima da linha.

Fonte: TV Morena