19.9 C
Amambai
sábado, 15 de junho de 2024

Pecuária: os desafios em diferentes segmentos

2023-11-19 18:09:28

Pecuária: os desafios em diferentes segmentos

Sobre pastagens, a prevalência de calor, sol e umidade no solo impulsionou o crescimento das pastagens de verão, do campo nativo e do milho para silagem. No entanto, essas áreas foram afetadas por um período anterior de excesso de umidade no solo, resultando em crescimento comprometido e perdas significativas devido ao pisoteio dos animais.

As condições meteorológicas favoráveis beneficiaram a pecuária de corte, melhorando a disponibilidade de pastagens e a condição sanitária e corporal dos rebanhos. No entanto, o mercado enfrenta um cenário desafiador, caracterizado por oferta elevada e demanda reduzida, tornando as negociações de animais mais difíceis. O preço continua em uma tendência de declínio.

O período foi propício para a atividade de bovinocultura de leite, mas intensas precipitações causaram dificuldades no manejo do rebanho e formação de lamaçais, especialmente em piquetes, corredores e áreas circundantes. Isso resultou em maior disponibilidade de forragem e melhorias nas condições das instalações. No entanto, a contínua redução no preço do leite repassado aos produtores impacta negativamente a comercialização, gerando prejuízos significativos à atividade.

Na região de Pelotas, em Morro Redondo, o plantio de pastagens de verão foi prejudicado pelas chuvas, levando a uma alta utilização de silagem e ração, aumentando os custos de produção. Em Santa Rosa, o controle de ectoparasitas está em andamento devido ao aumento considerável da presença de mosca, berne e carrapato. Observa-se maior incidência de doenças, como a TPB, relacionada diretamente a esses ectoparasitas. Em Soledade, a fase de floração do milho destinado à ensilagem precoce está em andamento.

Leia também

Edição Digital

Jornal A Gazeta – Edição de 14 de junho de 2024

Clique aqui para acessar a edição digital do Jornal...

Enquete