19.9 C
Amambai
sábado, 15 de junho de 2024

Coronel David apresenta Moção de Congratulação a PMMS e Moção de Repúdio a desembargador que pediu extinção da PM

2023-11-07 23:53:09

Coronel David apresenta Moção de Congratulação a PMMS e Moção de Repúdio a desembargador que pediu extinção da PM

O deputado estadual Coronel David (PL), apresentou à Mesa Diretora da ALEMS, duas Moções que têm a Polícia Militar como destaque.

A Moção de Congratulação à Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, que foi apontada em pesquisa recente como a terceira corporação mais bem avaliada do Brasil.

“Por ter a minha vida dedicada à Polícia Militar e a honra de ter sido Comandante-Geral da PMMS por cinco anos, e movido pelo profundo respeito e admiração que tenho por esta instituição e por todos os homens e mulheres que a compõem, fiquei indignado com as ofensas gratuitas e preconceituosas proferidas contra a nossa corporação por um vereador, durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande”, ressaltou Coronel David. “Entretanto, na contramão do que disse o referido parlamentar, uma recente pesquisa realizada pelo instituto Genial/Quaest mostra que 67% da população do Estado aprova o trabalho da Polícia Militar, o que a coloca como a terceira melhor avaliada de todo o país.”

Pesquisa

Segundo a pesquisa Genial/Quaest, a PMMS apresentou nível de aprovação de 67%, superior à média nacional, que é de 59%, e ficou atrás apenas dos estados de Santa Catarina e Mato Grosso, que registraram avaliação positiva de 74% e 71%, respectivamente.

“Portanto, para contrapor as palavras de ataque proferidas pelo vereador de Campo Grande, esta Casa de Leis tem por dever reconhecer a importância e o bom trabalho desenvolvido pela PMMS, que busca, de forma indistinta, prestar o melhor serviço possível a todos os cidadãos sul-mato-grossenses. E é este o sentimento que está traduzido nessa moção.”

Moção de Repúdio

A segunda Moção apresentada por Coronel David, na sessão de terça-feira (7), é de Repúdio ao Desembargador Adriano Roberto Linhares Camargo, do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás – TJGO, com cópia ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás – TJGO, por defender a extinção da Polícia Militar.

Durante julgamento de seção criminal do Tribunal de Justiça de Goiás, e que foi transmitido ao vivo pela internet, o referido desembargador disse textualmente que “para mim, tem que acabar com a Polícia Militar”.

Garantida pela Constituição

A existência da Polícia Militar é prevista e garantida pela Constituição Federal, e a instituição está presente em todas as unidades da Federação, sendo indispensável para a organização das instituições garantidoras e do Estado Democrático de Direito.

“A fala desse magistrado representa uma tamanha falta de conhecimento das normas constitucionais que é de espantar, ou pior ainda, uma análise rasa e superficial da estrutura de Defesa Social vigente no país,” ressalta Coronel David.

“Nesse sentido, o desastroso comentário do desembargador Adriano Roberto Linhares Camargo diverge da opinião da população brasileira, que, segundo pesquisas recentes, em sua maioria aprova o trabalho da Polícia Militar. É, também, absolutamente descabida a fala do desembargador, quando deu a entender que a Polícia Militar seria exclusivamente uma força auxiliar do Exército Brasileiro. O magistrado demonstra uma total falta de conhecimento das atribuições das forças de segurança existentes no país”, destacou.

Para Coronel David, “qualquer manifestação no sentido de defesa da extinção da Polícia Militar certamente é uma grave afronta à sociedade de bem, e absolutamente desrespeitosa a esses bravos profissionais que colocam diuturnamente sua vida em risco para a garantia da segurança pública e do bem-estar da população”.

Leia também

Edição Digital

Jornal A Gazeta – Edição de 14 de junho de 2024

Clique aqui para acessar a edição digital do Jornal...

Enquete