Gazeta de Amambaí


Sexta-Feira, 28 de Dezembro de 2018 às 07:02

Obra vai triplicar movimentação de grãos em Paranaguá e Antonina

Movimentação de grãos no terminal vai passar dos atuais 2 milhões de toneladas de grãos para 6,5 milhões de toneladas

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, vistoriou as obras de ampliação e modernização dos berços 201 e 202 do Porto de Paranaguá. Os investimentos de R$ 177,5 milhões, feitos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), vão triplicar a capacidade de movimentação de grãos do terminal, passando dos atuais 2 milhões de toneladas de grãos para 6,5 milhões de toneladas. “Isso vai gerar emprego, imposto e recursos para o município e para o Estado do Paraná. Uma demonstração de respeito ao setor produtivo nacional e paranaense”, disse a governadora na semana passda.

O diretor-presidente da Appa, Lourenço Fregonese, disse que o Corredor Oeste do cais do Porto de Paranaguá é um sonho de 40 anos. “Vamos dar um avanço de 25% a mais na capacidade de carga para o Porto de Paranaguá. Estamos deixando um projeto até 2030”, disse ele.

Com apenas seis meses de execução da obra em andamento, cerca de 20% das ações contratadas já foram realizadas. A previsão de entrega é para março de 2020. Já foram concluídas as etapas de sondagem e verificação do solo e está em andamento a execução das estacas de ampliação e reforço do cais e das estacas dos pórticos.

BENEFÍCIOS - As mudanças trarão mais agilidade nas operações do Porto e a possibilidade de atracação de navios maiores e mais pesados, de até 80 mil toneladas de porte bruto (TPB). A obra também dará um fôlego extra ao setor leste do Porto de Paranaguá, que está sobrecarregado e não pode mais ser ampliado.

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.