Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 12 de Setembro de 2018 às 18:44

Leilão Sucessores bateu recorde de vendas durante a 30ª Expobai

Todos os 811 animais ofertados foram comercializados, movimentando R$ 1,2 milhão, segundo a organização.

Clique na Imagem para ampliá-la

Os irmãos, Ronan (e) e Nego Silva. Leilão Sucessores traz ao Tattersal o potencial da pecuária amambaiense e vem batendo recorde de negócios ano após ano. (Fotos: Carlos Nascimento)

Vilson Nascimento

A 12ª edição do Leilão Sucessores, promovido pela família Nunes da Silva como homenagem, in memória, a Horacy Nunes da Silva, um dos maiores produtores de gado de Amambai e região, que realizado no domingo, dia 9 de setembro, Tattersal de Leilões do Sindicato Rural, anexo ao Parque de Exposições de Amambai, dentro da programação da 30ª Expobai, demostrou, mais uma vez, o potencial da pecuária do município e terminou com cem por cento dos lotes vendidos.

Durante o leilão, que ano a ano vem batendo recorde em cima de recorde, todos os 811 animais ofertados, parte da própria família Nunes da Silva e parte oriundos de produtores convidados, foram vendidos, fazendo girar R$ 1.291,900,00 em negócios.

Com grande credibilidade no meio rural, o Leilão Sucessores atrai todos compradores de Amambai e toda a região.

Um dos maiores compradores no 12º Leilão Sucessores, organizado pela Teixeira Mattos Leilões e coordenado pelo o casal, Olenir Nunes de Silva, o “Nego Silva” e Vanessa Hara Silva, foi o produtor e empresário Firmino Teixeira Escobar.

Homenagens a personalidades e a presença de representantes de vários segmentos do setor agropecuário também são marcas registradas das aberturas dos leilões promovidos pela família Silva, em Amambai.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.