Gazeta de Amambaí


Domingo, 05 de Agosto de 2018 às 03:01

Custo sobre insumos deve subir 25%

Alta é motivada por uma série de fatores externos

O presidente da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav), Henrique Mazotini, informou que o custo de insumos para a produção de grãos deverá sofrer um aumento de 25% para a safra 2018/2019. De acordo com ele, vários fatores são responsáveis por esse aumento, como a tabela do frete e as eleições, por exemplo.

"O setor está com vários problemas específicos neste ano: frete, aumento de matéria-prima, dólar, eleições, disputa entre EUA e China, aumento de combustíveis. Esse cafezinho nosso aqui é bom, mas vai ficar mais caro", comenta.

Além disso, Mazotini ressalta que grande parte dos insumos, como agroquímicos, fertilizantes e sementes utilizados no brasil vem de outros países, o que faz com que a variação cambial imponha uma alta de 15% nesses produtos. Segundo ele, todos esses fatores estão fazendo com que ocorra um atraso na entrega dos insumos para o próximo plantio.

"Estávamos num voo normal no ano passado. Em algumas regiões, vai ter atraso do plantio de soja e, assim, atraso da safrinha de milho. As janelas ideais de plantio ficarão mais curtas, o que pode afetar a produtividade", explica.

Outros problemas citados pelo presidente da Andav foram o aumento no valor da matéria prima para fabricação dos agroquímicos, o fechamento de várias fábricas do setor na China e a disputa comercial entre os orientais e os Estados Unidos. "Alguns defensivos agrícolas subirão na casa dos 25% e 30%. Incertezas nunca são boas. Nós ficamos como 'salsicha no cachorro-quente' enquanto os EUA brigam com a China", conclui.  

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.