Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 09 de Maio de 2018 às 19:02

Anfavea indica que venda de maquinas cresceu 26%

A Anfavea deverá aumentar sua estimativa anual de vendas que deverá ser de pelo menos 7,5%

De acordo com dados divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), as vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias em abril cresceram 26% em comparação com o mesmo período do ano anterior, somando 4.192 unidades. Os números de abril também são altos se comparados com o mês anterior, tendo um crescimento de 17,6%.

O crescimento da comercialização de maquinários agrícolas deve fazer a Anfavea rever sua estimativa anual de vendas, que deverá ser de ao menos 7,5% em 2018. Antonio Megale, presidente da entidade, afirma que a estimativa inicial era de que seriam comercializadas 46 mil unidades nesse ano, mas com as vendas na Agrishow superando as expectativas e somando R$ 2,7 bilhões, o que significa uma alta de 22,7% sobre 2017, a tendência é que elas sejam bem maiores do que o esperado.

No entanto, se forem analisadas as vendas domésticas no primeiro quadrimestre do ano, os números indicam uma retração de 7,2% ante o mesmo período de 2017, com a comercialização de 11.667 unidades. Segundo Alfredo Miguel Neto, vice-presidente da Anfavea, os números podem melhorar ao longo do ano dependendo de fatores como os recursos que o governo pretende destinar para o ao Moderfrota através do Plano Safra 2018/19, que ainda não foram anunciados pelo governo.

Outro destaque é o grande crescimento da utilização do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) para as compras de máquinas. O vice-presidente da organização disse que o percentual de uso do FCO surpreendeu a organização porque cresceu 122% nesse primeiro quadrimestre em comparação com o mesmo período do ano anterior.    

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.