Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 09 de Novembro de 2017 às 11:02

Anvisa aprova Benzoato de Emamectina da Syngenta

Mais um passo em direção ao registro definitivo no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a avaliação toxicológica do inseticida Proclaim 50. Com essa decisão, o produto (que é feito a partir do Benzoato de Emamectina) dá mais um passo em direção ao registro definitivo no Brasil. Esse ingrediente ativo foi autorizado emergencialmente em seis estados brasileiros para o controle do surto de Helicoverpa armigera.

O Proclaim 50, fabricado pela Syngenta, é um dos produtos que recebeu classificação de prioridade para registro pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no início deste ano de 2017. Além do Mapa, o inseticida deverá ainda ser liberado pelo Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Além do Proclaim 50, foi aprovado também o Benzoato de Emamectina Técnico da Syngenta. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União da última segunda-feira (06.11), através da Resolução RE Nº 2.941, de 3 de novembro de 2017. O despacho é assinado pela gerente-geral de toxicologia substituta da GGTOX, Graziela Costa Araujo.

De acordo com a Resolução da Anvisa, “a publicação do extrato deste informe de avaliação toxicológica não exime a requerente do cumprimento das demais avaliações procedidas pelos órgãos responsáveis pelas áreas de agricultura [Mapa] e de meio ambiente [Ibama], conforme legislação vigente no país, aplicável ao objeto do requerimento”.

Segundo a Syngenta, o Proclaim é um inseticida seletivo, que interrompe os impulsos nervosos das lagartas de diversas lepidópteras. “Logo após a exposição e a ingestão do produto, as larvas param de se alimentar e ficam paralisadas irreversivelmente. A mortalidade máxima é obtida depois de três a quatro dias”, diz a bula do produto. 

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.