Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 04 de Outubro de 2018 às 19:41

Governo do Estado lançou restauração entre Sapucaia e Amambai

Obra, que atende reivindicação dos municípios de Coronel Sapucaia e Amambai bem como da classe produtora e empresarial é apontada com fundamental para o desenvolvimento regional.

Clique na Imagem para ampliá-la

Nas fotos momentos do lançamento. Restauração da MS-289 vai custar R$ 22,6 milhões e o prazo para conclusão é de um ano.

Vilson Nascimento

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) realizou na manhã da segunda-feira, 1 de outubro, o ato oficial de lançamento da restauração da Rodovia MS-289, trecho que liga Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai a cidade de Amambai.

O ato de lançamento da obra, que contou com a presença de autoridades e representantes de segmentos de classe dos dois municípios, entre elas o prefeito de Coronel Sapucaia, Rudi Paetzold e o prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira, foi realizado em Coronel Sapucaia, na saída para Amambai.

A ordem de serviço à Construtora Tripolo Ltda. para a recuperação dos 39,7 quilômetros da rodovia estadual já havia sido assinada na semana passada pelo diretor-presidente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul), Emerson Antônio Marques Pereira.

De acordo com o Governo do Estado, com a autorização assinada e o ato de lançamento realizado nessa segunda-feira, fica a cargo da empresa vencedora da licitação dar o início da obra de restauração da rodovia.

  Veja no vídeo reportagem e entrevistas com Helianey e os prefeitos de Sapucaia e Amambai

Em entrevista a reportagem do grupo A Gazeta, o engenheiro da Construtora Tripolo, responsável pela parte técnica/operacional da obra, Ataíde Messias Martins, informou que devido às eleições, que acontecem neste domingo, dia 7 de outubro, o quadro de funcionários da empresa foi liberado tendo em vista a necessidade de votar, porém a empresa já instala o canteiro de obras e na próxima semana dará início efetivamente aos trabalhos na rodovia.

De acordo com o engenheiro, em primeiro momento os trabalhos serão focados na realização do sistema de drenagem da rodovia, para só então, com essa etapa vencida, dar início ao trabalho na pista.

Segundo Ataíde Messias, no período que a obra estiver em curso a empresa deverá realizar paliativos como “tapa-buracos, “por exemplo”, para garantir a trafegabilidade na via, que hoje apresenta trechos tomados por buracos.

Segundo o engenheiro, o prazo contratual para a conclusão da restauração dos 39,7 quilômetros da rodovia estadual é de um ano, mas a empresa espera, caso as condições climáticas permitam, concluir a obra em menos de 360 dias. Vale ressaltar que a temporada de chuvas na região está apenas começando.

Investimento superior a R$ 22,6 milhões

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura em Mato Grosso do Sul, o engenheiro Helianey Paulo da Silva, o “Mineiro”, que representou o Governo do Estado no ato de lançamento da obra nessa segunda, o investimento para a restauração do trecho da MS-289 entre Coronel Sapucaia e Amambai é superior a R$ 22,6 milhões, recursos esses oriundos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado do Mato Grosso do Sul).

Mineiro lembrou também que o trabalho de restauração à ser implantado no trecho da MS-289 entre Sapucaia e Amambai será o mesmo aplicado nos 70 quilômetros da MS-156 ligando Amambai a Caarapó.

Estado investiu R$ 38 milhões em Sapucaia

Em seu pronunciamento o secretário de Estado destacou também outros investimentos destinados pela atual gestão estadual para o setor de infraestrutura em Coronel Sapucaia, como recuperação de ruas, investimento em habitação, poço artesiano e sistema de captação de água potável e restauração de pontes danificadas pelas chuvas que segundo Helianey, somados chega a um montante de R$ 38 milhões.

 O secretário lembrou também que além da agora já autorizada restauração do trecho da MS-289 ligando Amambai a Coronel Sapucaia, o Governo do Estado autorizou no início do mês passado (setembro) já está em andamento a obra de pavimentação dos aproximados 50 quilômetros ligando a cidade de Laguna Carapã a MS-386, entre Amambai a Ponta Porã, passando pelo Distrito de Bocajá entre outras comunidades rurais da região.

“Está é outra obra que, além de encurtar o acesso de Amambai e outros municípios da região em cerca de 20 quilômetros até a cidade de Dourados, vai impactar positivamente no desenvolvimento socioeconômico de toda nossa região”, lembrou o prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira.

Além dos prefeitos de Coronel Sapucaia e Amambai, o ato de lançamento da restauração da MS-289 nessa segunda-feira contou com a presenta de vereadores dos dois municípios, entre eles a presidente da Câmara Municipal de Coronel Sapucaia, vereadora Natasha Kuasne e o presidente da Câmara de Amambai, vereador Dilmar Dalvane Bervian e do intendiente (prefeito) da cidade paraguaia de Capitan Bado, que faz divisa com Coronel Sapucaia no Brasil, Denílson Sánchez Garcete, além dos vice-prefeitos, de Coronel Sapucaia, Lauri Turatto e de Amambai, Valter Brito da Silva, entre outras personalidades.

A cidade paraguaia de Capitan Bado e sua população também serão beneficiadas pela restauração do trecho da MS-289 entre Coronel Sapucaia e Amambai.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Região

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.