Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 02 de Agosto de 2018 às 23:02

Campanha de vacinação de crianças contra sarampo e poliomielite começa dia 7 em Caarapó

A prefeitura de Caarapó, através da Secretaria de Saúde, estará iniciando no próximo dia 7, a Campanha de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite. A mesma se estenderá até o dia 31 deste mês e deverão ser vacinadas as crianças de 1 até 5 anos mesmo que já tomaram a vacina anteriormente.

De acordo com chefe de Departamento Municipal de Vigilância Epidemiológica e Imunização, Francisco Junior de Oliveira Santos, o objetivo é aumentar a cobertura vacinal no município e promover proteção adicional para quem já tomou o imunizante.

Santos informou também que no dia 18 deste mês acontecerá o Dia “D” de mobilização. Os postos de vacinação em Caarapó estarão abertos ofertando as vacinas para as 2.022 crianças que devem ser vacinadas. A meta é chegar a pelo menos 95% delas.

Quem irá receber a vacina?

Poliomielite: crianças de 1 até 5 anos incompletos (4 anos 11 meses e 29 dias) independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha.

Sarampo: crianças de 1 até 5 anos incompletos (4 anos 11 meses e 29 dias) independentemente de quantas doses já tomou.

Não devem ser vacinadas: crianças de 1 até 5 anos incompletos (4 anos 11 meses e 29 dias) que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

O ministério informou que para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite. Já os que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".

Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo até dia 31/07. Atualmente, enfrenta dois surtos da doença, em Roraima e no Amazonas. Segundo Francisco Junior, eles estão relacionados à importação de casos de outros países. "Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela".

Sete estados brasileiros têm casos confirmados da doença: Amazonas, Roraima, Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro, Pará e Rio Grande do Sul.

Com a vacinação acredito que vamos conseguir controlar os surtos, mas ressalto que o aumento das taxas de vacinação é importantíssimo para garantir o controle da doença. Juntamente com o sarampo, também estamos atentos à circulação e às baixas coberturas vacinais da poliomielite.

"A melhor forma de proteção é a vacina. É importante vacinar. Saúde é uma responsabilidade de todos nós. A consciência da nossa população é que vai determinar o sucesso desta campanha". 

Fonte: Caarapó News/ Jose Carlos

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Região

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.