Gazeta de Amambaí


Sexta-Feira, 15 de Junho de 2018 às 10:37

Indígenas bloqueiam rodovia em protesto pela falta de água

Coordenador distrital de saúde indígena da Sesai-MS, Fernando Souza, disse que técnicos irão até o local resolver o problema. Matéria atualizada às 16:33 do dia 15/06/2018 para acréscimo de informações.

Clique na Imagem para ampliá-la

Indígenas bloqueiam a rodovia que liga Amambai a Cel. Sapucaia por tempo indeterminado. Foto: Raquel Fernandes

Raquel Fernandes

A comunidade da Aldeia Taquapery sofre há dois anos com a falta de água. Em protesto, desde quinta-feira, dia 14, cerca de 50 indígenas fecharam a rodovia MS 289, que liga Amambai a Cel. Sapucaia. De acordo com o capitão da aldeia, Oswaldo Rodrigues, os manifestantes continuarão bloqueando a rodovia, até que alguém vá até eles com a garantia da resolução do problema. A manifestação é realizada durante o dia, das 8 às 17 horas.

Oswaldo Rodrigues conta que os indígenas já pediram ajuda para Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), Ministério Público e não receberam respostas. “Nós queremos a construção de um poço na aldeia para abastecer a comunidade. A comunidade já cansou de carregar água do rio nas costas. Até hoje, ninguém resolveu nosso problema, só nos dizem que não há recursos, mas nada é feito. Por isso nós estamos aqui fechando a rodovia sem previsão de quando vamos liberar.”, desabafa.

Oswaldo acrescentou ainda que há residências na Taquapery com encanamentos, mas não tem abastecimento. “Antigamente, nós recebíamos água da Funasa, que hoje é a Sesai. Nós queremos que a prefeitura, deputados, governo se manifestem a nosso favor, porque a gente já não agüenta mais essa situação.”, destaca.

A Aldeia Taquapery, que pertence ao município de Cel. Sapucaia, possui uma extensão de 2 mil hectares e conta com a população de aproximadamente 4 mil indígenas, segundo o capitão Oswaldo. 

Solução

O coordenador distrital de saúde indígena da Sesai-MS, Fernando Souza, explicou que o problema da falta de água da aldeia Taquapery  será resolvido com a troca de uma bomba de abastecimento.  “Segundo informações que os técnicos locais me passaram, na Aldeia já existe um poço. O problema esta na bomba, que já não tem potência suficiente para atender toda a demanda, pois houve um crescimento do consumo. Mediante a esse levantamento e as mobilizações da comunidade, os técnicos da Sesai vão realizar a troca dessa bomba por uma mais potente, que deverá resolver o problema”, explica o coordenador destacando que os técnicos já estão a caminho da Aldeia.

O capitão Oswaldo aguarda a chegada dos técnicos para encerrar a manifestação.

Capitão fala sobre a manifestação. Veja no vídeo:

 

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Região

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.