Gazeta de Amambaí


Sexta-Feira, 12 de Maio de 2017 às 15:45

Prefeitura de Caarapó antecipa salários e injeta R$ 2 milhões na economia local

Clique na Imagem para ampliá-la

Prefeito Mário Valério discute com integrante da área de Tesouraria da prefeitura e representante de instituição bancária a liberação dos salários dos servidores municipais (Foto: Dilermano Alves)

O prefeito de Caarapó, Mário Valério (PR), determinou a antecipação do pagamento dos salários dos servidores municipais referentes à primeira quinzena de maio. Os valores – de pouco mais de R$ 2 milhões - foram depositados na rede bancária nesta quinta-feira (11). Costumeiramente, o funcionalismo recebe 40% dos salários em torno do dia 15 e o restante no fim do mês.

De acordo com o prefeito, a decisão de antecipar o pagamento da quinzena deu-se em razão das comemorações do Dia das Mães, celebrado no próximo domingo (14). “Com o pagamento, muitos filhos poderão comprar com tranquilidade o presente para a sua mãe”, justificou Mário Valério. A data normal para pagamento seria o dia 15, segunda-feira.

Os valores liberados pela prefeitura referem-se ao pagamento com reajuste de 7,64% concedido pela administração municipal, com efeito retroativo a 1° de janeiro. O montante contempla a diferença retroativa ao início do ano, que os servidores vão receber de uma vez só. “Em que pese a situação de dificuldade financeira que atinge o país, com reflexos negativos nos municípios, conseguimos reservar os recursos e honrar os compromissos com os servidores municipais”, destacou o prefeito Mário Valério.

Uma das principais fontes de receita das prefeituras de pequeno porte, caso de Caarapó, é o Fundo de Participação dos Municípios, cujos valores são repassados a cada dez dias (10, 20 e 30 de cada mês) pelo governo federal. Em março, o indicativo era de queda, segundo a Associação de Municípios de Mato Grosso do Sul. O FPM é composto por 24,5% da arrecadação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e do IR (Imposto de Renda).

Em março, o presidente da entidade, Pedro Caravina (PSDB), prefeito de Bataguassu, avaliou que a queda refletiria nas finanças e acenderia a luz vermelha nos municípios do Estado. “Qualquer redução atrapalha os planos de quem precisa pagar as contas e investir em prioridades em seus municípios”, destacou o dirigente.

Conforme a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), há expectativa de recuperação dos valores do FPM para este mês, o que aliviaria a situação das prefeituras de pequeno porte.
 

Fonte: Assessoria Prefeitura de Caarapó

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Região

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.