Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 às 22:01

Temer adia decisão em nomear Carlos Marun para ministro

Presidente ainda discute com base aliada melhor "nome" para cargo

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República não confirmou a posse do deputado por Mato Grosso do Sul Carlos Marun para ministro no governo de Michel Temer. A nomeação dele para o lugar de Antonio Imbassahy (PSDB) foi defendida pelo PMDB, mas o presidente está reticente porque o tucano pode significar um elo entre os partidos.

A Folhapress divulgou ontem à noite que em conversas reservadas, Michel Temer aguardaria a convenção nacional do PSDB, marcada para 9 dezembro, para definir a possível mudança.

Hoje pela manhã, Marun estava praticamente com o cargo de ministro nas mãos. Pelo menos era o que o partido já pregava. Contudo, Temer cedeu a negociações e preferiu manter Imbassahy no cargo de articulação do governo e deixar aberto o diálogo com o PSDB.

O deputado pelo Estado estava, inclusive, previsto para participar da cerimônia de posse marcada para 15h (horário de Brasília). O setor de comunição do governo informou que o evento passou para as 17h e por volta das 16h confirmou que somente Alexandre Baldy, atualmente deputado, será empossado como novo ministro de Cidades.

Hoje à noite haverá jantar com líderes da base e novas conversas vão acontecer para que seja definida a escolha definitiva para o posto na Secretaria de Governo. Enquanto isso, Marun segue na tropa de choque do presidente.

Atualmente, Marun é presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS.

Fonte: Correio do Estado

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Política

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.