Gazeta de Amambaí

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2014 às 20:06

Polícia arma tocaia, evita roubo a carro-forte e mata 6

Um tiroteio entre policiais e criminosos deixou pelo menos seis mortos no Largo da Batalha, emNiterói, na Região Metropolitana do Rio. Um menor de 16 anos foi apreendido, assimc como três fuzis, três pistolas, uma granada e um artefato de fabricação caseira.

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), todos os mortos eram ligados ao tráfico de drogas e teriam reagido com tiros a uma abordagem durante operação conjunta da Subsecretaria de Inteligência com a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil.

Agentes se esconderam em carro-forte
De acordo com um inspetor da Polícia Civil, a inteligência da polícia previu um assalto a um carro-forte e agentes se esconderam dentro do veículo, surpreendendo os criminosos. Segundo a Seseg, eles seriam de Sítio de Ferro, no bairro Badu, e iriam para o Morro do Viradouro.

Ainda segundo um inspetor da polícia, a granada lançada na porta da 77ª DP (Icaraí) foi obra dos mesmos criminosos. O artefato não explodiu. O tiroteio levou pânico para pedestres e motoristas que passavam pela Estrada Washington Luís, no trecho do Sapê, que foi interditada para perícia, segundo a NitTrans.

Mortos
De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, cinco dos seis mortos são: Itamar de Assis Coelho; Marcelo Roberto da Conceição, o "Marreco"; Marcos da Costa Brasil; Herlon Domingos da Silva; e Roberto Ferreira Vieira, o "Robertinho do Jacaré".

Fonte: G 1

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.