Gazeta de Amambaí


Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2018 às 23:35

Morre aos 69 anos em Amambai, o “Leo Cabeleireiro”

Leonidas de Aquino foi encontrado morto em casa. Morte foi de causas naturais, apurou a polícia.

Clique na Imagem para ampliá-la

O cabeleireiro Leonidas Aquino, o “Léo Cabeleireiro”. Ele foi encontrado morto em casa, na manhã dessa segunda-feira (3) em Amambai. (Fotos: Reprodução e Amambai Notícias)

Vilson Nascimento

Foi encontrado morto em sua residência, em Amambai, na manhã dessa segunda-feira, 3 de setembro, Leonidas Aquino, o “Léo Cabeleireiro”, de 69 anos.

Leonidas, que por vários anos manteve um salão/escola em Amambai, conhecido por “Salão do Léo”, formou ao longo deste tempo, diversos cabeleireiros e cabeleireiras, que hoje atuam no ramo da beleza em Amambai e municípios da região.

Segundo a Polícia Civil de Amambai, que chegou a ser acionada para atender o caso, a morte do cabeleireiro teria sido provocada por causas naturais, possivelmente um infarto.

O corpo do cabeleireiro está sendo velado na Capela da Pax Vida Amambai e o sepultamento ocorreu na tarde dessa terça-feira, no Cemitério Municipal Crepúsculo.

Matéria atualizada às 16h43 desta terça para acréscimo de informações.

 

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.