Gazeta de Amambaí


Sexta-Feira, 29 de Junho de 2018 às 10:01

PMA autua empresa de terraplanagem em R$ 5 mil por disposição ilegal de resíduos de combustíveis

Clique na Imagem para ampliá-la

Foto: Divulgação

Depois de receber denúncias de uma usina sucroenergética de que pessoas estariam lançando resíduos provenientes de embalagens de combustíveis em uma valeta de contenção de água de chuva na área de plantio de cana da empresa, no município, Policiais Militares Ambientais de Naviraí localizaram ontem (28), embalagens de óleos lubrificantes e filtros de óleo de máquinas e graxas dispostos de forma irregular. A forma de depósito do material oferecia risco ambiental e derramava material combustível com contaminação do solo.

As embalagens constituídas de tambores plásticos, filtros de óleo e outros materiais com restos de combustíveis estavam em uma valeta sem proteção e havia escorrimento de óleos e graxas no solo. Como a empresa denunciante não sabia a autoria da infração, a PMA revirou o lixo e encontrou a identificação de uma empresa de terraplanagem que realizava serviço em uma fazenda vizinha.

A empresa com domicílio jurídico em Naviraí foi notificada a tomar as providências para a destinação adequada dos produtos e resíduos perigosos, conforme determina a legislação e para remoção dos produtos combustíveis no solo. A PMA também confeccionou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 5.000,00 contra a infratora.

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIE

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.