Gazeta de Amambaí


Terça-Feira, 20 de Março de 2018 às 11:42

Mãe vai responder por morte de bebê em Amambai

Menino de 11 meses morreu afogado ao cair em uma poça d’água, fato ocorrido no início deste mês.

Clique na Imagem para ampliá-la

A poça d’água onde a criança caiu e morreu afogada. Mãe vai responder criminalmente, diz polícia. (Foto: A Gazetanews)

Vilson Nascimento

Uma mulher de 21 anos deverá responder criminalmente pela morte do próprio filho, uma criança de apenas 11 meses de vida, fato ocorrido no final da tarde do dia 5 de março, na Vila Cristina, em Amambai.

Informações levantadas pela polícia indicam que Raquel da Silva Alvarenga teria deixado a criança sob os cuidados dos dois irmãos, uma menina de sete anos e um menino de apernas cinco anos e passado a conversar com amigos.

O bebê teria engatinhado, saído do quintal da residência dos amigos, onde a mãe e os filhos estavam, que não tinha cerca de divisória e caído dentro de uma poça d’água formada por água da chuva, de onde teria sido retirado terra para uma construção e morreu afogado.

Para a polícia Raquel Alvarenga, que segundo a Polícia Civil já havia boletim de ocorrência em seu desfavor sob acusação de maltratar os filhos, disse que teria descuidado do filho por apenas cerca de cinco minutos, foi quando aconteceu na fatalidade.

Segundo o delegado encarregado pelas investigações do caso, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria, a mãe será indiciada em inquérito e deverá responder judicialmente por “maus tratos com resultado morte”, crime previsto artigo 136, parágrafos 2 e 3 do Código Penal Brasileiro.

A pena para essa situação varia, em caso de condenação, de 4 a 12 anos de prisão, acrescentada em um terço pelo fato de a vítima ser menor de 14 anos.

Fonte: A Gazeta News

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.