Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 07 de Março de 2018 às 20:58

Sapucaiense é preso com carro roubado em Amambai

Conduzindo uma Amarok, rapaz de 18 anos teria furado duas barreiras policiais antes de ser preso, relatou o DOF.

Clique na Imagem para ampliá-la

A Amarok que Renato conduzia havia sido roubada em Goiás, segundo a polícia. (Foto: Assessoria DOF)

Vilson Nascimento

Renato Lorran Armoa Bender, de 18 anos, morador no Jardim Tremembé, em Coronel Sapucaia, foi preso na manhã dessa quarta-feira, 7 de março, conduzindo uma caminhonete roubada, em Amambai.

Segundo o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) que realizou a prisão com apoio da Polícia Militar de Amambai, conduzindo uma caminhonete Amarok  cor prata , com placas de Maracajú-MS mas que havia sido roubada no dia 22 de fevereiro deste ano na zona rural de Luziânia, em Goiás, Renato Bender teria desobedecido a ordem de parada em uma barreira montada na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó e fugido em alta velocidade em direção a cidade de Amambai, inclusive realizando ultrapassagens em faixa contínua, dirigindo em ziguezague e na contramão de direção, colocando em risco a vida de quem trafegava regularmente pela rodovia estadual.

Segundo a ocorrência policial, a equipe do DOF saiu em perseguição a caminhonete em fuga e pediu apoio a Polícia Militar de Amambai que, por sua vez, montou barreira na entrada da cidade, mas, mais uma vez, Renato teria desobedecido a ordem de parar.

Após adentrar na zona urbana de Amambai o indivíduo teria abandonado a caminhonete e tentado fugir a pé, pulando mudo de residências, mas acabou alcançado e preso.

De acordo com relatos do DOF na ocorrência policial, ao ser preso Renato Armoa Bender teria dito que pegou a caminhonete roubada em Campo Grande e receberia R$ 1 mil para trazer até Capitan Bado, cidade paraguaia que faz divisa com Coronel Sapucaia, no Brasil.

Ao ser preso o acusado teria relatado ainda que já foi preso outras vezes pelo crime de receptação e uma vez por tráfico de drogas no estado de São Paulo.

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai, o sapucaiense foi autuado em flagrante pelo delegado, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria, pelo crime de receptação e adulteração de sinal de veículo automotor.

Na Delegacia, acompanhado por um advogado, Renato decidiu por manter o silêncio e só falar em juízo.

Ele será submetido a audiência de custódia junto ao Poder Judiciário em Amambai nesta quinta-feira (8) onde o juiz decidirá se mantém a prisão ou libera o fronteiriço para responder ao processo em liberdade.

Fonte: A Gazeta News

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.