Gazeta de Amambaí


Segunda-Feira, 25 de Dezembro de 2017 às 19:03

Homem é preso acusado de violência doméstica em Amambai

Após agredir a esposa, o rapaz teria ameaçado policiais militares com uma faca e entrado em luta corporal com os PMs ao tentar fugir por uma janela, diz ocorrência policial.

Vilson Nascimento

Um homem de 27 anos, foi preso pela Polícia Militar sob acusação de violência doméstica e também resistir a ação policial, em Amambai.

O fato aconteceu na residência do casal, na região da Vila Cristina, na madrugada dessa segunda-feira, 25 de dezembro.

De acordo com a ocorrência policial, o desentendimento entre o casal, que estava separado há quatro meses e essa semana teria tentado reatar a relação, foi motivado por ciúmes e teria começado durante uma festa de família que aconteceu no Conjunto Habitacional Alcindo Franco Machado.

Ao chegar em casa marido e mulher teriam entrado em discussão na frente do filho do casal, um menino de apenas cinco anos.

Consta na ocorrência que Vagner Júnior Vieira Martins, de 27 anos, teria derrubado a esposa e passado a sufoca-la apertando lhe o pescoço. Por sua vez a mulher de 24 anos, no intuito de se defender, teria arranhado o pescoço do rapaz.

De acordo com a Polícia Militar quando a guarnição chegou ao local e ressaltou a necessidade de conduzir o casal até a unidade policial para a lavratura do boletim de ocorrência, Vagner teria saindo do quarto onde estava com uma faca na mão, dizendo que “ninguém o levaria a lugar nenhum”.

Os policiais solicitaram reforço de outra guarnição para realizar a detenção do rapaz, momento que Vagner tentou fugir pulando uma das janelas da casa.

Ao ser impedido pelos PMs, o rapaz teria entrado em luta corporal com os policiais, porém acabou dominado e preso.

Na Delegacia de Polícia Civil ele foi autuado em flagrante por lesão corporal dolosa (violência doméstica). Ele também deverá responder, segundo a ocorrência policial, por ameaça, desobediência e resistência a prisão.

Segundo a Polícia Civil Vagner permanece preso. Ele deverá ser submetido à audiência de custódia nesta terça-feira, 26 de dezembro, junto ao Poder Judiciário, onde o juiz decidirá se mantém a prisão ou libera o rapaz para responder ao processo em liberdade.

Fonte: A Gazeta News

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.