Gazeta de Amambaí


Domingo, 24 de Dezembro de 2017 às 09:52

Bombeiros socorrem vítima de acidente em Amambai

Também em Amambai motorista sem CNH foi preso por embriaguez ao volante e dirigindo na contramão.

Clique na Imagem para ampliá-la

Momento que o Corpo de Bombeiros trabalhava no resgate de uma das vítimas. Militares tiveram que usar desencarcerador para tirar a mulher do veículo. (Fotos: Wanderson Rocha)

Vilson Nascimento

A equipe de plantão no 16º Subgrupamento Independente do Corpo de Bombeiros (16º SGB) socorreram na noite desse sábado (23) para domingo, dia 24 dezembro, duas mulheres vítimas de acidente de trânsito, em Amambai.

A colisão entre o pick-up Fiat Strada que as vítimas viajavam o um Gol cor branca, aconteceu no cruzamento da Rua da República com a Rua Rio Branco, no centro da cidade.

Três mulheres estavam no interior do Strada no momento do acidente. A motorista, que segundo os bombeiros não se feriu e as duas vítimas, uma 26 e outra de 22 anos, que acabaram removidas pela guarnição para o Pronto Socorro do Hospital Regional com dores pelo corpo.

De acordo com o Corpo de Bombeiros a guarnição teve que fazer o emprego de desencarcerador para remover uma das mulheres do interior do pick-up.

Segundo os bombeiros o condutor do Gol que estava só no veículo não se feriu. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local realizando os levantamentos de praxe.

Embriaguez ao volante

Na noite desse sábado, 24 de dezembro, a Polícia Militar prendeu um homem de 49 anos, sob acusação de embriaguez ao volante, em Amambai.

Segundo relatou a polícia no boletim de ocorrência, o motorista foi abordado quando conduzia um Gol cor preta, placas de Amambai, pela contramão de direção, na Avenida Pedro Manvailler, região central da cidade.

De acordo com a PM, ao ser abordado foi constatado que o homem apresentava sintomas de embriaguez e também não portava CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai ele foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante.

A autoridade policial arbitrou fiança de R$ 850,00, que sendo paga, vai permitir ao acusado o direito de responder ao processo em liberdade.

Além da questão criminal, por dirigir veículo sob efeito de bebida alcoólica, o motorista ainda terá as sanções administrativas, como a pesada multa por dirigir sob efeito de álcool e auto de infração por não portar CNH e dirigir na contramão de direção, por exemplo.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.