Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017 às 13:49

Após ser ameaçada, mulher mata o marido a golpes de machado

Uma mulher de 27 anos é investigada como a principal suspeita do homicídio do próprio marido em Coronel Sapucaia, cidade localizada na fronteira com o Paraguai. Segundo o site Campo Grande News, o corpo de Daniel Rodrigo Pesquin, de 25 anos, foi encontrado na madrugada desta quarta-feira, dia 18 de outubro, depois que a autora avisou um vizinho sobre o crime.

A Polícia Militar foi chamada depois que um vizinho foi até a casa de Daniel e o encontrou morto em cima da cama. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi assassinada a golpes de machado e teve o rosto desfigurado. A arma usada no crime foi encontrada ao lado do corpo.

Para a polícia, a testemunha contou que pouco antes de encontrar o corpo recebeu a visita da esposa de Daniel e neste momento ela teria afirmado que havia matado o marido. Sem acreditar na colega de trabalho, o homem continuou seu serviço e só depois de um tempo, resolveu ir até a casa do casal.

Ainda conforme o registro policial, testemunhas relataram que as brigas entre o casal eram frequentes e que horas antes do crime, a autora contou que ela e a filha haviam sido ameaçadas pelo marido. A suspeita chegou a detalhar aos conhecidos que a discussão com Daniel aconteceu durante toda a noite e que ela “daria um jeito”.

Buscas foram realizadas, mas a mulher não foi encontrada pela polícia. O machado possivelmente usado no crime foi apreendido e mandado para perícia. As investigações serão feitas pela Delegacia de Polícia Civil da cidade como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Fonte: Dourados News

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.