Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 04 de Maio de 2017 às 23:02

Polícia Militar prende quatro por tráfico em Amambai

Em uma das prisões indivíduo foi ferido a tiro após avançar em policial com uma faca.

Clique na Imagem para ampliá-la

A faca usada pelo indígena para ameaçar o policial e abaixo as demais fotos relacionadas as prisões dessa quinta em Amambai. (Fotos: Divulgação 3ª CIPM)

Vilson Nascimento

Policiais lotados na 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) penderam, em duas ocorrências distintas, quatro pessoas por tráfico de drogas na tarde dessa quinta-feira, 4 de maio, em Amambai.

Em um dos casos um homem de 30 anos sofreu fratura exposta na perna esquerda após reagir à abordagem e avançar em um policial militar com uma faca.

Segundo a PM, Reginaldo Freiras, que é indígena, em companhia de outro indígena, Anderson Duarte Lopes, de 25 anos, se deslocavam em uma motocicleta Yamaha YBR cor preta, transportando 1 quilo e 452 gramas de maconha em uma mochila.

Ao ver que seriam abordados pela equipe da Polícia Militar, os indivíduos teriam tentado fugir, mas acabaram caindo com a motocicleta.

Nesse momento a dupla tentou fugir a pé correndo em direções opostas. De acordo com a PM, Anderson Lopes foi preso sem maiores resistências ao tentar fugir adentrando no Conjunto Habitacional Caiuás.

Já seu comparsa, Reginaldo Freitas, que teria tentado fugir em direção a outro conjunto habitacional da região, o Alcindo Franco Machado, ao perceber que estava sendo perseguido por apenas um PM, teria reagido, sacado de uma faca e avançado contra o policial.

Esgotadas todas as medidas para tentar deter o acusado, com o objetivo de defender sua própria integridade física, o policial efetuou um disparo de pistola calibre ponto 40mm, vindo a provocar fratura exposta na perna esquerda do agressor.

Depois de contido o individuo foi socorrido pela própria guarnição da Polícia Militar para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Amambai para ser submetido a cuidados médicos.

Segundo a PM o indivíduo permaneceu hospitalizado a espera de uma vaga para transferência para uma unidade de saúde com maiores recursos médicos fora de Amambai, enquanto seu comparsa foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil local para serem tomadas as providências cabíveis.

Os dois acusados residem na Aldeia Amambai e teria afirmado, segundo a polícia, que haviam comprado a maconha em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai e pretendiam vencer a droga na reserva indígena onde residem.

Outro caso

Também na tarde dessa quinta-feira (4) policiais militares lotados na 3ª CIPM prenderam um casal morador em Santa Cataria, transportando 400 quilos de maconha.

A droga era transportada no interior de um Cruze cor branca, placas de Porto Alegre-RS, conduzido por Rodrigo Salvador Mello, de 29 anos, que tinha como passageira, Cristiane Campos Reis, também de 29 anos.

De acordo com a PM, ao receber voz de prisão o casal teria relatado que havia vindo de Santa Catarina, onde reside para a região de Ponta Porã, fronteira com o Paraguai, para fazer compras.

Em Ponta Porã eles teriam sido abordados por uma pessoa que teria feito a proposta para o casal levar o carro até Santa Catarina, cuja localidade da entrega seria informada durante a viagem.

Segundo a polícia, Rodrigo teria relatado que recebeu R$ 1 mil para a viagem e ao entregar o carro com a droga em Santa Catarina receberia mais R$ 20 mil pelo transporte do entorpecente.

O casal, juntamente com o veículo e a droga apreendida foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai.

Rodrigo e Cristiane foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, crime que em caso de condenação acarreta em uma pena que varia de 5 a 15 anos de prisão.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.