Gazeta de Amambaí


Sábado, 21 de Julho de 2018 às 07:02

Máquina pode enviar DNA como se fosse fax

O DBC deve ser disponibilizado para pesquisas acadêmicas dentro de cinco anos

A empresa norte-americana Synthetic Genomics Inc. desenvolveu uma máquina capaz de capaz de converter códigos genéticos em vertentes de DNA para serem impressos em qualquer lugar. O objetivo da tecnologia, batizada de Digital to Biological Converter (DBC), é auxiliar na produção de vacinas e análises de materiais.

De acordo com Dan Gibson, vice-presidente de tecnologias de DNA da Synthetic Genomics Inc., a empresa pretende usar essa tecnologia como uma espécie de teletransporte de DNA. Para ele, o DBC será uma grande contribuição para a ciência e para a história da medicina, podendo facilitar inúmeros trabalhos.

“Todas as funções e características dos seres vivos estão escritas em um código de DNA. Se você puder ler e escrever esse código, então será possível reproduzi-lo em qualquer lugar do mundo em teoria”, comenta.

Segundo informações do Wall Street Journal, existe atualmente um protótipo da máquina que consegue transformar um código digital de DNA em material biológico sintético em apenas 24 horas, tais como vírus e proteínas. Isso acontece devido a produção de pequenos pedaços de código de DNA, que são posteriormente “costurados”.

A expectativa é de que o DBC esteja disponibilizado para as pesquisas acadêmicas dentro de cinco anos. Atualmente, a empresa está disponibilizando um produto parecido para entidades governamentais e universidades pelo valor de US$ 80 mil. Essa máquina alternativa consegue imprimir material genético utilizando reagentes já anteriormente carregados.  

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Internacional

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.