Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 10 de Maio de 2017 às 19:01

Facebook vai mostrar menos links que levem a sites com conteúdo de baixa relevância

Rede social anunciou mudança voltada a combater "spammers" e "caça-cliques".

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (10) que vai mostrar menos links de sites que levem a conteúdos de baixa qualidade. A mudança, que será implementada aos poucos nos próximos meses, atingirá o feed de notícias, parte da rede social em que os usuários podem ver links, textos, vídeos e fotos publicados por seus contatos.

Segundo o Facebook, a decisão foi tomada após pessoas que usam o site relatarem que se sentem desapontadas ao clicar em um link que leva a conteúdos sem relevância ou a sites recheados de anúncios maliciosos.

A iniciativa para conter os “spammers”, produtores de conteúdo destinado unicamente a gerar fluxo de cliques, é semelhante à estratégia que a rede social vêm aplicando contra disseminadores de notícias falsas.

De acordo com o Facebook, fazem parte dessa estratégia posts que:

  • Usam imagens excessivamente cortadas ou editadas e exijam que as pessoas cliquem no link para vê-las inteiras
  • Empreguem texto enganoso e, por gerar confusão, incentive as pessoas a clicar no link

A medida visa minar os conteúdos do tipo “caça-clique” em duas frentes: reduzir a visibilidade que conseguem no Facebook e impedir que anunciem na plataforma.

O Facebook informa que revisou “centenas de milhares” de sites presentes na rede social para identificar aqueles que são adeptos dessa prática. A partir daí, o sistema de inteligência artificial analisa links publicados por outras páginas para averiguar se elas também publicam posts “caça-clique”.

Segundo o Facebook, editores de páginas que não tenham o histórico de oferecer conteúdo de baixa qualidade podem notar um acréscimo no tráfego.

Fonte: G 1

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Internacional

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.