Gazeta de Amambaí


Domingo, 18 de Fevereiro de 2007 às 14:36

São Paulo vence o América e assume vice-liderança

Com tranqüilidade, o São Paulo derrotou o América por 4 a 2, fora de casa, neste sábado, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Paulista, com 21 pontos, um a menos do que o líder Santos, que perdeu para o São Bento.

Além de uma melhora na tabela, o sucesso de hoje significa a manutenção de uma invencibilidade de 23 jogos do time, que não perde desde setembro do ano passado --3 a 1 para o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro.

Buscando observar alguns de seus atletas que estão parados e testar novas variações táticas visando as futuras partidas da Taça Libertadores, prioridade do semestre, o técnico Muricy Ramalho promoveu diversas mudanças no time.

Uma dessas novidades foi a volta de Souza, que vinha desfalcando a equipe devido a uma lesão muscular. Aos 21min da primeira etapa, o meio-campista aproveitou lançamento de Alex Silva e, de cabeça, encobriu o goleiro André Zuba para abrir o placar.

Apresentado oficialmente na sexta-feira, o estreante Marcel, substituto de Aloísio, suspenso, quase ampliou aos 34min, quando recebeu passe de Souza, ficou sozinho na frente do arqueiro do América, mas, de bico, chutou no travessão.

Um minuto depois, Hugo fez jogada individual pela esquerda, cortou um defensor e chutou cruzado de direita, ampliando a vantagem são-paulina no placar.

Com domínio total do jogo, o time do Morumbi ainda teve mais uma oportunidade de marcar na etapa inicial. Aos 46min, Souza cruzou para a área rival, o zagueiro Alex Silva subiu bem e cabeceou. A bola tocou na parte de cima do travessão de Zuba.

Logo no início do segundo tempo, o São Paulo chegou ao seu terceiro gol, em um avanço de Josué, que se livrou na marcação e bateu firme. Aos 15min, Marcel fez jogada pela esquerda e chutou forte para defesa parcial de André Zuba. No rebote, Leandro furou.

Aos 22min, Souza, o melhor em campo, saiu em velocidade pela esquerda, driblou um adversário e cruzou para Leandro, que perdeu a primeira dividida para o goleiro do América. No rebote, no entanto, o atacante girou e aumentou o marcador.

Dois minutos depois, o time do interior conseguiu diminuir. Em tabela com Luís Henrique, Rafinha, que entrou no segundo tempo, chutou cruzado e bateu Rogério Ceni.

Se o tento reanimou a torcida do América, os jogadores da equipe trataram de esfriar os ânimos. Em quatro minutos, o time teve dois expulsos: Pedro Henrique e Sanabria, ambos por faltas duras.

Mesmo com dois jogadores a menos, o América ainda diminuiu, com Adriano Peixe, já nos acréscimos.

Fonte: Folha Online

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Esporte

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.