Gazeta de Amambaí


Terça-Feira, 08 de Maio de 2018 às 18:06

Em 30 dias, PRE apreendeu 6 por tráfico em Amambai

Em três ocorrências distintas foram apreendidas quase 3 toneladas de maconha em rodovias da região.

Clique na Imagem para ampliá-la

A droga apreendida pela PRE na manhã dessa terça-feira (8) na MS-386. Só nos últimos 30 dias a Polícia Rodoviária apreendeu 2,6 mil quilos de maconha e prendeu seis pessoas em flagrante por tráfico na região de Amambai. (Fotos: Assessoria PRE)

Vilson Nascimento

Em menos de um mês a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) da base operacional local tirou de circulação 2,6 toneladas de maconha e prendeu seis pessoas em flagrante por tráfico de drogas na região de Amambai.

As apreensões da droga, que era transportada em fundos faltos, os chamados “mocós” em veículos, ocorreram durante abordagens em trechos de rodovias estaduais que cortam a região.

A última delas foi registrada na manhã dessa terça-feira, 8 de maio, na Rodovia MS-386, trecho que liga as cidades de Amambai e Ponta Porã.

A droga, 80 quilos de maconha prensada e dividida em 73 tabletes e mais 1,5 quilo de “bucha”, ou seja, maconha in natura, era transportada em fundos faltos de um veículo Mercedes Benz A-160, placas de Toledo-PR, conduzido por um homem de 44 anos, de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, que tinha como carona um adolescente de 16 anos, morador em Coronel Sapucaia.

Segundo a PRE, ao ser indagado o motorista teria relatado que havia pegado o carro já com a droga em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai e receberia R$ 10 mil para levar até a cidade de Toledo, no Paraná.

De acordo com a polícia, o motorista informou também que o adolescente que estava em sua companhia no ato da abordagem iria receber R$ 200,00 simplesmente para mostrar para ele o caminho que deveria seguir ao passar por Amambai.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Esporte

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.