Gazeta de Amambaí


Domingo, 14 de Maio de 2017 às 19:01

Assembleia vai votar a ampliação do programa bolsa-atleta em MS

Programa vai melhorar auxílio e criar ajuda de custo para técnicos

A Assembleia Legislativa marcou para próxima terça-feira (16), a votação em definitivo do projeto que amplia e reformula o programa "Bolsa-Atleta", melhorando os benefícios ao atletas de nível nacional, além de criar uma ajuda e incentivo aos técnicos, responsáveis pelo treinamento e formação destes jovens.

A direção da Fundesporte (Fundação de Desportos e Lazer de Mato Grosso do Sul) inclusive está convidado a comunidade esportiva, para participar desta sessão no legislativo, a partir das 10h, no Parque dos Poderes, com a intenção de prestigiar as mudanças no programa, propostas pelo governo estadual.

O objetivo das mudanças é além de corrigir distorções das edições passadas, também ajudar os atletas para que tenham mais tempo para se dedicar aos treinos e competições e desta forma melhorar os resultados tanto no âmbito regional, como nacional.

O atual programa vetava o benefício ao atleta, que já tinha a bolsa em nível municipal ou federal. Agora quando ele atingir este nível (nacional), deve-se ajudar mais, para que tenha dedicação integral, um cardápio alimentar compatível e o volume de treinos mais qualificados.

Técnicos - Os treinadores também serão incluidos nos benefícios, concessão do "bolsa técnico", que permite a este profissional também receber o devido apoio do Estado, por desenvolver e descobrir o talento de novos atletas, além de promover os treinamentos, tendo seu trabalho reconhecido.

“Estamos ansiosos, assim como atletas e técnicos. Queremos que o projeto seja aprovado e encaminhado para sanção do governador do Estado, o mais rápido possível para que possamos dar início à regulamentação e ao processo de seleção”, ressaltou o professor Domingos Sávio da Costa, responsável pela Bolsa-Atleta.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, esta reformulação no programa será um "marco", para o esporte de Mato Grosso do Sul. "Todos os segmentos do esporte passam a ser contemplados, desde a iniciação esportiva com o atleta escolar até o atleta de alto rendimento que compete em altíssimo nível. Isso sem contar que vamos conceder ajuda de custo ao técnico".

Categorias - A bolsa-atleta passa a ser dividida em três categorias: estudantil, nacional e pódio complementar. A primeira contempla destaques em competições estudantis nacionais e internacionais, de 12 a 17 anos. Já a segunda (nacional) é direcionada a talentos que já brilham em competições nacionais, tendo idade mínima de 14 anos.

O pódio complementar tem como público-alvo os atletas de ponta que recebem bolsa-atleta federal. A intenção é propiciar mais um suporte financeiro para os que atuam em alto rendimento. Já o auxílio aos técnicos vai atingir os profissionais de educação física, que treinam os atletas. Esta ajuda financeira tem validade de um ano, depois o beneficiado concorre novamente a bolsa.

Fonte: Campo Grandenews

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Esporte

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.