Gazeta de Amambaí


Sexta-Feira, 05 de Maio de 2017 às 11:02

Governo Reinaldo Azambuja negocia compra direta de gás na Bolívia

Mato Grosso do Sul poderá ganhar competitividade com o processo de compra direta do gás natural da Bolívia. Ao menos essa é a promessa do Governo do Estado.

Hoje, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa de rodadas de negociações em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com o objetivo de importar diretamente o gás do país vizinho.

A meta é evitar a interrupção do fornecimento do produto e, consequentemente, a queda na receita do Estado. Esse processo de aquisição seria realizado em parceria com os estados que compõem o Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul): Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de Mato Grosso que, embora não esteja inserido no Conselho, tem interesse no gás natural.

De acordo com o diretor- presidente da Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul (MSGás), Rudel Trindade, as negociações para que o Estado passe a importar gás por meio da distribuidora tiveram início em fevereiro.

Na época em que o Estado tentava encontrar uma saída para a queda na importação do gasoduto, a Petrobras já havia sinalizado para a tendência de usar cada vez mais a produção nacional do produto e, consequentemente, reduzir a importação. 

Fonte: Correio do Estado

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Esporte

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.