Gazeta de Amambaí


Terça-Feira, 05 de Junho de 2018 às 09:45

Jornal A Gazeta completa 24 anos de Circulação em Amambai e região

Clique na Imagem para ampliá-la

Clésio Damasceno Ribeiro, fundador e diretor do Jornal A Gazeta de Amambai. Foto: Raquel Fernandes

Raquel Fernandes

Junho é especial para o Jornal A Gazeta. É o mês que marca 24 anos de circulação em Amambai e região. Pensando nisso, iniciamos uma série de reportagens especiais sobre a história do impresso.

Acompanhe todas as terças, durante o mês de junho, a série Jornal A Gazeta 24 anos.

Das máquinas tipográficas para referência no sistema de impressão

Nascia no dia 3 de junho de 1994, a primeira edição do Jornal A Gazeta. Impresso por meio de tipos móveis de metal e linotipo, o jornal iniciava sua história, não só em Amambai como em toda a região.

O empresário e diretor da Gazeta, Clésio Damasceno Ribeiro, relembra os trabalhos iniciais da empresa e temos a impressão do mesmo estar descrevendo um trabalho artesanal, feito com muita dedicação. “Após apurarmos as informações, nós tínhamos que montar manualmente as palavras, frases, de uma forma que ficasse legível e agradável para o leitor.” Relembra

Quando surgia algum problema em alguma peça, era uma noite sem dormir, mas que garantia a circulação do Jornal. “Quando o jornal ficava pronto, era como se eu tivesse vencido uma maratona”, destaca o empresário.

Hoje o jornal é montado por meio de programas de computador como In Designer, Photoshop e Corel Draw, mas esse mesmo cuidado que existia no início com cada palavra a ser montada ainda permanece no Grupo A Gazeta, que além do impresso, conta com o Site A Gazeta News e a Gráfica, que é referência na região com as máquinas mais modernas do mercado.

Clésio passa a toda a equipe da empresa jornalística este espírito de profissionalismo e dedicação em cada trabalho realizado. Seja no atendimento, na redação, busca pelas informações, entrevistas, diagramação, impressão e na distribuição, todos os setores carregam a responsabilidade social que um veículo de notícia deve ter.

Desafios

Nesses 24 anos, Clésio venceu e ainda vence todos os dias, o desafio de produzir um produto jornalístico que seja economicamente viável.  Hoje, a Gazeta é consolidada na região, como um veículo de credibilidade e isso é fruto do esforço empregado desde o início das atividades da empresa.

"As dificuldades hoje não diferem muito do que tivemos que enfrentar ao longo destes 24 anos. Desde a época das linotipos ao advento da internet, fazer o jornal sempre exigiu empenho, dedicação e compromisso em transmitir aos leitores a notícia com a maior veracidade possível".

Em tempos de fake news e muitas notícias circulando nas redes sociais da internet, o jornalismo com credibilidade é ainda o diferencial no que se refere à informação, seja no impresso, na rádio, na televisão ou nos sites.

A força do Impresso

Sobreviver na era digital é  também uma das lutas do jornalismo impresso. Mesmo com muitas dúvidas e discussões a cerca da permanência do jornal de papel, é notável que no município de Amambai e nos municípios do Cone Sul, onde circula  A Gazeta, o impresso sempre foi e continua bem vindo.

Esse fato é visível na opinião de Dona Sueli Lacerda, que há 17 anos é assinante do Jornal. “A gente vê as notícias no site, mas o jornal traz matérias que não tem lá e com o papel em mãos eu posso ler sem depender da internet. É muito bom poder folhear as páginas, ler as notícias e ver as fotos. Além disso, sou empresária no ramo de hotelaria e os meus clientes sempre me pedem o jornal para ler”, conta dona Sueli.

Douglas Maciel é filho de dona Genésia Maciel Soares e conta que graças à mãe sempre acompanhou o Jornal A Gazeta. “Minha mãe sempre foi uma leitora assídua da Gazeta, desde que eu era criança. Eu devia ter cerca de 12 anos, e na casa onde morávamos, eu e meu irmão sempre estávamos ao lado dela, embaixo de um pé de manga, que era um dos nossos locais preferidos, para ler o jornal A Gazeta.” Relembra.

Douglas, que atualmente é funcionário público, considera o impresso um produto forte em Amambai. “Hoje somos pessoas bem informadas de tudo o que acontece no mundo pela internet, mas somos pouco informados sobre o nosso cotidiano local. O Jornal A Gazeta nos proporciona isso e nos deixa informado sobre os assuntos da nossa cidade e região.”,comenta

Na próxima terça-feira, 12, a  Série A Gazeta 24 anos, contará um pouco da histórias dos colaboradores mais antigos do Jornal. Acompanhe!

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Cidade

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.