Gazeta de Amambaí

Domingo, 07 de Outubro de 2018 às 21:09

Eleições 2018 transcorreram tranquilas em Amambai e região

Não houve prisões ou registros de crimes eleitorais e somente uma urna eletrônica apresentou problema em Amambai, segundo a Justiça Eleitoral.

O primeiro turno das eleições ocorreu de forma tranquila em Amambai e região, segundo as autoridades. O encerramento da votação e a chagada das urnas eletrônicas ao Cartório Eleitoral ocorreram sob chuva. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

Amambai e os municípios da região tiveram um domingo de votação tranquilo e sem nenhum incidente de maior repercussão no primeiro turno das Eleições 2018, segundo as autoridades.

De acordo como delegado regional adjunto da Polícia Civil, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria, em Amambai, Coronel Sapucaia, Paranhos, Tacuru e Sete Quedas, não ocorreu nenhum registro de prisão por compra de votos, boca de urna, transporte irregular de eleitor ou outro tipo de crime eleitoral.

Procurada pela reportagem do grupo A Gazeta, a chefe do Cartório Eleitoral da 1ª Zona Eleitoral (1ª ZE) com sede em Amambai, mas que abrange também o município de Paranhos, Ramona Pruença da Silva Rocha, informou que no âmbito da 1ª Zona Eleitoral apenas uma urna eletrônica instalada em uma seção de Amambai apresentou problema técnico e foi substituída ainda antes de começar a votação.

Segundo a promotora eleitoral da 1ª ZE, Dra. Nara Mendes dos Santos Fernandes, que acompanhou as eleições em Amambai, o Ministério Público não registou nenhuma irregularidade ou problema de maior gravidade.

Além de Dra. Nara Mendes, que é a titular da 1ª Promotoria na Comarca local, também acompanhou a votação em Amambai o juiz, Dr. Ricardo da Mata Reis, titular da 2ª Vara da Comarca.

O Juiz Eleitoral da 1ª ZE, Dr. Pedro Henrique Freitas de Paula, titular da1ª Vara, e o promotor titular da 2ª Promotoria em Amambai, Dr. Michel Maesano Mancuelho acompanharam a votação em Paranhos, na fronteira com o Paraguai.

O encerramento da votação em Amambai, bem como a chegada das urnas eletrônicas ao Cartório Eleitoral ocorreram sob chuva.

Governador

Reinaldo Azambuja- 44,61% com 571.337 votos

 Odilon- 31,67%  com 405.606 votos

Senadores eleitos pelo MS

Nelsinho Trad 420.102 votos, 18,38%

Soraya Thronicke 16,22%,  370.666 votos.

Confira os deputados federais eleitos pelo MS

Rose Modesto (PSDB) - 120.901votos (9,75%)

Fábio Trad (PSD) - 89.385 votos ( 7,21%)

Beto Pereira (PSDB)- 80.500 votos (6,49%)

Tereza Cristina (DEM) - 75.068 votos (6,05%)

Loester Carlos Gomes de Souza – Tio Trutis (PSL) - 56.339 votos (4,54%)

Vander Loubet (PT) - 56.339 votos (4,51%)

Luiz Ovando (PSL) - 50.376 votos (4,06%)

Dagoberto Nogueira (PDT) - 40.233 votos (3,24%)

Confira os deputados estaduais eleitos em MS

Capitão Contar (PSL) - 78.390 (6,11%)

Coronel David (PSL) – 45.903 (3,58%)

Jamilson Name (PDT) – 33.870 (2,64%)

Renato Câmara (MDB) – 32.291 (2,59%)

Onevan de Matos (PSDB) – 30.461 (2,40%)

Zé Teixeira (DEM) – 30.813 (2,40%)

Lídio Lopes (PEN) – 27.877 (2,17%)

Paulo Corrêa - 27.664 (2,16%)

Felipe Orro – 27.661 (2,16%)

Barbosinha (DEM) – 27.492 (2,14%)

Marçal Filho (PSDB) – 25.437 (1,98%)

Professor Rinaldo (PSDB) – 24.593 (1,92%)

Marcio Fernandes (MDB) – 23.296 (1,82%)

Eduardo Rocha (MDB) – 22.347 (1,74%)

Cabo Almi (PT) – 21.121 (1,65%)

Pedro Kemp (PT) – 20.969 (1,63%)

Londres Machado (PSD) – 20.782 (1,62%)

Neno Razuk (PTB) – 19.472 (1,52%)

Herculano Borges (SD) – 17.731 (1,38%)

Gerson Claro (PP) – 16.374 (1,28%)

Antonio Vaz (PRB) – 16.224 (1,26%)

Evander Vendramini (PP) – 12.627 (0,98%)

Lucas de Lima (SD) – 12.391 (0,97%)

João Henrique (PR) – 11.010 (0,86%)

Fonte: A Gazeta News
Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Notícia impressa em 15/12/2018 09:26:39 através da url: http://www.agazetanews.com.br/imprimir/138911